quarta-feira, 13 de março de 2019

Olh'a Primavera

 
A Câmara Municipal de Lisboa (CML) organiza, de 21 a 23 de março de 2019, um programa especial de boas vindas à Primavera.
 
Na quinta-feira, dia 21, o circuito 'Pegada Verde'. Na sexta, dia 22, Dia Mundial da Água, manhã de visitas e tarde de debate em torno do tema. E no sábado, dia 23, manhã de limpeza e plantação, seguida de visita e, pela tarde, yoga, alimentação, cinema e percurso noturno.
 
Destacamos, na proposta de cinema, o filme 'Eternal Forest' de Evgenia Emets, projeto que esteve presente no 'Fazer Aldeia' de 12 de janeiro e que acompanhamos com especial carinho, pelo tema que aborda - a Floresta Portuguesa - e o olhar que implica várias linguagens e formas artísticas.
 
A FAREDUCA congratula-se com esta iniciativa, recheada de aprendizagens e experiências que irão fazer todos dizer com gosto: 'olh'a primavera!'
 
 
Na sexta feira 22, o debate desenrola-se em torno do tema 'água e alterações climáticas'. Tendo a Lisboa Capital Verde da Europa como 'apetiser', viajamos do abastecimento à drenagem (e tratamento), 'desaguando' no planeamento e nas estratégias municipal e nacional. Um debate que vale bem a pena acompanhar, se queremos seguir os novos caminhos da água.

terça-feira, 12 de março de 2019

1º Jacarandá Gathering

 
Decorreu, no passado sábado 9 de março, no Roundabout.Lx, o 1º JACARANDÁ GATHERING.
 
O intuito destes 'Jacarandá Gatherings' é (nas palavras do Alban, do Philippe e do Gonçalo - músicos que integram este coletivo) convocar, numa época de urgência radical no que toca à sustentabilidade da nossa morada coletiva, o carácter encantatório da música e a sua potência congregadora para criar territórios de partilha, de experimentação e de debate, em torno de preocupações sociais e ecológicas, com vista ao empoderamento comunitário e à sensibilização para a necessidade de acções concretas.

O Programa foi o seguinte:

17:30-19:00: Ponto de Encontro – desenhos ramificados para maiores de 4 anos, Marta Angelozzi e Céline Tschachtli

19:30-20:30: Histórias inspiradoras de acção pelo clima – Conversa comunitária com vídeos, com Rita Fouto (Fareduca), Isabel Correia (Upaya Ambiente) e Álvaro Fonseca

20:30-21:30: Jantar vegan com PATUÁ

21:45-22:45: concerto de Jacarandá (lançamento do EP)

23:00-00:00: LPF dj set (QueLeLe, RR)

A entrada foi livre, com donativos. O cartaz do evento foi de Eduarda Lima.
 
A Rita Fouto esteve, com a Isabel Correia e o Álvaro Fonseca, a facilitar a conversa comunitária que incidiu sobre histórias inspiradoras de ação pelo clima.
 
O evento foi muito participado e a dinâmica da conversa possibilitou um fecho muito inspirador, com os participantes a apresentar propostas e compromissos individuais de ação de ação pelo clima.

 

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

'Dona Gota de Água e Dom Plástico' no Bracinho de Prata


A FAREDUCA leva novamente este seu espectáculo à Fábrica Braço de Prata, inserido na linha de programação 'Bracinho de Prata' (para os mais novos), no sábado 9 de março de 2019, pelas 15h30.
 
Um momento único, para miúdos e graúdos, de conhecer, questionar e refletir sobre a problemática do plástico nos oceanos - e a importância de suprimir, tanto quanto possível, a sua presença nas nossas vidas.
 
Mais informações sobre o espectáculo aqui.
 
 


quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

'Dona Gota de Água e Dom Plástico' no Bracinho de Prata

 
A FAREDUCA leva este seu espectáculo à Fábrica Braço de Prata, inserido na linha de programação 'Bracinho de Prata' (para os mais novos), já no próximo sábado 26 de janeiro de 2019, pelas 15h30.
 
Será um momento único, para miúdos e graúdos, de conhecer, questionar e refletir sobre a problemática do plástico nos oceanos - e a importância de suprimir, tanto quanto possível, a sua presença nas nossas vidas.
 
Mais informações sobre o espectáculo aqui.
 
 
 

Fazer Aldeia - 12 de janeiro no Auditório Camões

 
'Fazer Aldeia' foi uma iniciativa solidária de angariação de fundos para o projeto da 'Casa de Pax' da associação 'Fazedores da Mudança'.
 
Foi também uma gala-espectáculo-roteiro de iniciativas inspiradoras e transformadoras para 2019.
 
O evento reuniu cerca de 100 participantes, num ambicioso e extensivo programa que congregou mais de 30 convidados, entre artistas, educadores, cientistas, investigadores, ativistas e comunicadores, que estão a 'semear' a mudança nas suas áreas de atividade.
 
O mote 'fazer aldeia' ancorou-se na visão de uma ecologia profunda (da natureza), de uma economia humanista (da dádiva) e de uma sociedade transformadora (do presente).
 
A ecologia profunda convidou-nos a mergulhar 'In Nature' com Pedro Ramos/ Ordem do O e Alban Hall/ Metta Music; honrar a 'Floresta-Esta' com Inês Fouto/ Cenas Teatro e Companhia, Carlos Sério, Carl Nevitt e Miguel Marques/ Serial Jam e Marina Zimmerman/ Reflorestar Portugal; e 'Ser Água, Ser Semente' com Patrícia Herdeiro e Tim Daly/ Ser Água, Isabel Correia/ Upaya Ambiente e Avani Ancok.
 
A economia humanista trouxe-nos o desafio de 'Decrescer' com Álvaro Fonseca/ membro da Rede do Decrescimento Portugal; 'Humanizar' com Alexandra Ganilho, Carlos Sério, Elisa Crisóstomo, Filipa Santana e Rita Fouto/ MIAU Companhia de Teatro, Jorge Ribeiro/ GEIC Coletivo de Artistas,  Manuel Pelágio/ Revolutions for a Better World e Manuel Laranja/ U.Lab ISEG; e 'Localizar' com Júlia Bentz e amigos do Coro Good Vibes, Carina Lourenço/ Rede Transição Portugal e Fernando Oliveira/ Iniciativa de Transição de Linda-A-Velha.
 
A sociedade transformadora levou-nos a 'Emergir no Apocalipse' com Pedro Bettencourt/ Amálgama Companhia de Dança, Paulo de Carvalho/ Ripples of the New Experiment e Nuno da Silva/ Catalizar Portugal; a 'Propagar a Paz' com Helena Marujo/ ISCSP - Cátedra UNESCO da Educação para a Paz Global Sustentável; e a 'Cuidar do Presente' com Njiza Costa/ Art of Hosting Portugal e Alexandra Silva/ K-Evolution.
 
O evento foi apresentado por Rita Fouto/ MIAU-FAREDUCA e João Gomes/ IMAGINE Produções, tendo ainda contado, na equipa técnica, com José Coelho, Luís Santos, Francisca Battaglia e João Lacueva - e o apoio de bar por Rita Oliveira e amigos da Agricultura e Vida.
 
A bilheteira esteve a cargo de Alexandra Ganilho/ MIAU e o espaço de apresentação e donativos à 'Casa de Pax' contou com Vanda Freire/ Fazedores da Mudança. Aline Andrade assegurou as relações públicas do evento.
 
O evento foi palco de múltiplas dádivas, testemunhando uma forte união entre todos, a alegria de projetar e celebrar o novo ano e o projeto da 'Casa de Pax' - e a comoção da presença, abrindo sulcos ao amor maior que (re)nasce quando juntos somos.
 
Porque juntos somos aqueles de quem estávamos à espera.
 
As celebrações da 'Casa de Pax' na aldeia de Água Formosa, de 8 a 10 de junho de 2019, ficaram na agenda de todos. E o 'Fazer Aldeia' ganha ares de sequela - por isso: fiquem atentos!
 

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

HomoSapiens - 24 e 25 de novembro em Lisboa

 
Uma peça curta de Chantal Bilodeau, que aborda o tema das Alterações Climáticas - e que trazemos em leitura encenada/ performance, seguida de conversa sobre o tema.
 
As próximas apresentações de HomoSapiens irão ocorrer a 24 e 25 de novembro de 2018:
 
24.Nov | 15h | CIM - integrado no Dia da Floresta Autóctone
(com Rita Fouto e Rui Dinis)
 
25.Nov | 11h | Liceu Camões - integrado nos Encontros Ecossocialistas
(com Álvaro Fonseca e Rui Dinis)
 
Para saber mais sobre HomoSapiens, clique aqui.